Olha quem apareceu hoje – Um Maná

Novo-Galo2Hoje acordei ao som do galo, mas o canto estava  algo diferente. E fartava-se de cantar, mais do que o habitual.

Ainda fui à janela ver o que se passava, pois maior parte das vezes o canto, serve para marcar território, perante ameaças como gatos ou algo a rondar o espaço dele.  E o que temos é muito territorial, tanto que, ultimamente quando vamos apanhar os ovos, não se pode tirar os olhos do sacana, pois atira-se a nós, fiel ao seu instinto de T-Rex, ou apenas de doido. Imagino que, comparativamente, é o mesmo que eu me atirar a um elefante cheio de determinação.

Mas de volta ao galo, vi-o a beber água tranquilo, e também reparei, que uma das redes do topo do galinheiro, tinha saído com o vento. Continuar a ler